pagamento de funcionários pagamento de funcionários

Saiba como fazer o pagamento de funcionários de um condomínio!

4 minutos para ler

O pagamento de funcionários é um dos aspectos mais importantes para se manter em ordem na gestão do condomínio. Afinal os colaboradores mantêm o espaço funcionando, além de terem o direito de receber pelo trabalho realizado.

Cabe ao síndico se informar se está pagando corretamente a equipe, além de organizar tudo para que a pontualidade dos repasses seja lei. Quer aprender a pagar os funcionários do condomínio corretamente? Acompanhe este artigo para entender melhor como funciona a folha de pagamento e aplique o que aprender no cotidiano!

Por que é importante fazer o pagamento de funcionários em dia?

Quem assumiu o compromisso de pagar salários deve fazê-lo pontualmente. Essa é a única forma de evitar que o condomínio seja penalizado pela inadimplência. As punições vão desde multas administrativas pelos órgãos de fiscalização até condenações em processos — quando os funcionários requerem a cobrança judicial dos valores devidos. Não há justificativa para deixar de pagar os colaboradores pontualmente e, por isso, a organização é fundamental.

Como pagar os funcionários do condomínio corretamente?

Desde o final de 2018, os condomínios têm que ter o cadastro no eSocial. Trata-se do sistema do governo que centraliza a gestão da folha de pagamento, tributos envolvidos e benefícios sociais dos funcionários.

O sistema ajuda muito a deixar tudo em ordem, mas requer cuidado e organização. Isso porque informações incorretas ou lançadas fora do prazo rendem multas, onerando o condomínio. Para garantir que tudo esteja correto, o local também deve ter uma administradora encarregada de apoiar o síndico na burocracia do sistema e gestão de pagamentos.

O que deve constar na folha de pagamento?

Além de se programar para fazer o pagamento no prazo, é importante conhecer quais são os elementos que compõem a folha de pagamento de funcionários. Basicamente, tratamos de dois tipos de valores: os positivos, que são as receitas, e os negativos, que são descontos.

Tudo que é pago ou descontado do funcionário deverá ser lançado no sistema e também constar dos demonstrativos de pagamento (holerites). Os principais elementos da folha de pagamento são:

  • receitas: salários, FGTS, adicionais, bônus, premiações, benefícios e remuneração por horas extras;
  • descontos: INSS, Imposto de Renda, atrasos e faltas, contribuição sindical, vale-transporte e adiantamentos.

Quais os cuidados para o pagamento de funcionários?

O principal cuidado no pagamento de funcionários é a organização para cumprir os prazos. Em seguida, você deve manter a documentação do condomínio em dia, com um arquivo contendo todos os comprovantes para uma eventual necessidade.

Tanto o pagamento de salários quanto a documentação referente aos impostos devem ser arquivados adequadamente. Isso serve tanto para que os condôminos tenham controle do trabalho do síndico quanto para que o condomínio consiga se defender em caso de acionamento na justiça do trabalho.

Uma das missões do síndico na gestão é manter o condomínio livre de problemas e despesas desnecessárias sempre que possível. O pagamento de funcionários feito de forma correta e pontual é uma das melhores formas de reduzir as chances de problemas para a administração. Portanto, manter-se informado e buscar o apoio de uma assessoria especializada em caso de dúvidas é sempre a melhor política!

Gostou do post? Quer ficar por dentro das novidades e tirar dúvidas sobre temas relevantes para o seu condomínio? Siga nossas páginas nas redes sociais! Estamos no Facebook e no Instagram!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário